CUBA: Cienfuegos, Trinidad & Topes de Collantes | TRAVELLING

19 maio, 2017



When we booked our resort we were certain that we wouldn't spend the entire time between the pool, beach and bar. It is just not our nature and we love to explore the surroundings. It would be a waste of money to travel to Cuba and spend the entire time getting an amazing tan while drinking (not so amazing) cocktails. As we arrived we booked a two days excursion with Gaviota to discover Cienfuegos, Trinidad & Topes de Collantes.

Do you like tours? We always prefer to explore by ourselves but on the first days in a new country, we love to hear from the locals more about the country, the history and their thoughts about the current situation. Our guide, Javier, was really nice and he replied to all our questions and beyond. On a practical level, it was useful for us to understand many situations we went through during our holidays, like out of stock items in our resort. Besides that, we managed to visit a few cities on our list and hiked in the middle of the Cuban jungle.

__

Quando marcamos o resort em Varadero, sabíamos que não íamos passar as férias todas a fazer praia, piscina e a beber cocktails. Não é de todo o nosso género tendo em conta que adoramos explorar novas áreas. Seria um desperdício de dinheiro e tempo passar 14 dias no mesmo local. Por isso mal chegamos marcamos uma excursão de dois dias com a Gaviota para conhecermos Cienfuegos, Trinidad e Toppes de Collantes.

Vocês gostam de excursões? Nós sempre preferimos explorar a área por nós próprios e com o nosso tempo mas nos primeiros dias num país diferente, adoramos ter alguém local a contar-nos mais sobre a história do país, a visão deles e a situação actual. O nosso guia, Javier, era super simpático e respondeu a tudo o que queríamos saber e ainda nos contou mais coisas! Na prática, foram informações muito úteis para percebermos melhor certas situações que se passaram durante as férias, como nunca haver um menu completo em nenhum restaurante que visitamos. Além disso, tivemos a oportunidade de conhecer algumas cidades que já estavam na nossa lista e caminhar pelo meio da selva cubana.


1 - Cienfuegos & Trinidad


On the first day, we drove to Cienfuegos, "The Pearl of the South" and the only city in all Cuba colonized by the French. It was a quick stop (we also shot this look) so we didn't explore a lot, we spoke with a few locals but they weren't very open to tourists. After lunch at a Natural Park, we headed to Trinidad. 

Trinidad is one of the best-well-preserved cities from the 1500s in the Caribbean and it is protected by UNESCO. Here the people don't miss a chance for a chat or a dance with a tourist. In Trindad, you leave the Cuba Libres and Mojitos to the side and you drink Canchánchara, a refreshing local rum cocktail. It was my favorite city in Cuba.

__

No primeiro dia, saimos do hotel em direcção a Cienfuegos, "A Pérola do Sul", e a única cidade cubana a ter sido colonizados pelos franceses. Fizemos uma paragem rápida de 30 minutos (ainda fotografamos este look) por isso não exploramos muito mais que a praça principal e o caminho até ao mar. Depois do almoço no Parque Natural, seguimos para Trindad. 

Trindad é uma cidade nascida nos anos de 1500 e uma das melhores preservadas nas Caraíbas tendo em conta que é protegida pela UNESCO. Aqui os locais não perdem uma oportunidade para falar, ou até mesmo dançar, com os turistas. Em Trindad, as Cubas Livres e os Mojitos ficam para trás para dar lugar à Canchánchara, o cocktail local feito com rum e bem fresco. Foi a minha cidade cubana favorita! 













2  - Topes de Collantes & Santa Clara


The next morning a Russian off-road truck took us upwards into the mountains of the Guanayara Natural Park where we continued on foot for a hike (3 Cuban km = 4 Km, as they said). It was quite easy to reach El Rocio, a beautiful waterfall, which concludes with the Poza del Venado, featuring a natural pool in which visitors can swim and cool off.

After eating the best-roasted chicken ever at Casa de la Gallega, we went to pay a visit to Che Guevara memorial at Santa Clara. For me, it was very emotional due his leadership and history. At the entrance, 16 year old boys were guarding the monument and outside the citizens were getting ready for the 1st of May.

During our journey, and specially with this excursion, we could feel how lucky we are to live in Europe. How many things we take as guaranteed which, for them, are still a need. We can visit their country and help them but we can also learn a lot from their happiness and courage.

__

Na manhã seguinte seguimos num camião Russo até ao parque Natural de Guanayara onde iniciamos uma caminhada de 3km cubanos, 4 km dos nossos - como eles dizem. O percurso não é muito acidentado por isso foi relativamente fácil chegar à cascata El Rocio e terminar na Poza del Venado com um mergulho.

Depois de comermos um dos melhores frangos no forno de sempre na Casa da Gallega, fomos para o Memorial a Che Guevara, em Santa Clara. Fiquei um pouco emocionada com a visita tendo em conta a sua história, exemplo de liderança e ajuda aos outros. Facto curioso de terem um craavo vermelho em cada "sepultura".

Durante as férias, e em especial durante esta excursão, sentimo-nos muito sortudos em sermos europeus. A quantidade de coisas que temos como garantidas e para eles continuam a ser essenciais.  Podemos visitar Cuba e ajudá-los, mas acreditem que também temos muito a aprender com a coragem e forma feliz de levarem a vida.










1 comentário :

Back to Top